30.9.10

Poemagem #34

Espaço interior

quando o poema
são restos do naufrágio
do espaço interior
numa furtiva luz
desesperada,

resvalando até
à superfície,
lisa, firme, compacta,
das coisas que todos
os dias agarramos,

quando
o poema as envolve
numa aura verbal
e se incorpora nelas,
ou são elas a impor-lhe

a sua metafísica
e o espaço exterior
que povoam de
temporalidades eriçadas,
luzes cruas, sons ínfimos, poeiras.

(Vasco Graça Moura, in Antologia dos Sessenta Anos)




Photo by Liliroze


*Sobre o projecto Poemagem*

29.9.10

Green places
















As fotos são de um pic-nic que fizemos em inícios de Setembro, no pinhal de Leiria, estavam esquecidas na máquina até agora (uma boa surpresa!).

28.9.10

Handmade Life: photography love


1 - Jane Heller, 2 - f2 images, 3 - elle moss
4 - labokoff, 5 - the light fantastic, 6 - Pretty petal studio
7 - isphotography, 8 - Amelia Kay Photography, 9 - strawberryskies
10 - bluecitrusart, 11 - Catherine Nunnaly, 12 - pamela klaffke photography



A minha paixão pela fotografia é enorme, e não podia deixar de dedicar um post ao trabalho de alguns fotógrafos independentes fantásticos! Deu-me especial prazer fazer este post porque tive de fazer uma das minhas coisas favoritas: ver fotografias! A selecção é que não foi fácil... Espero que gostem!

...

My passion for photography is huge, and I couldn't help dedicating a post to the work of some amazing indie photographers! It gave me particular pleasure to make this one because it involved doing one of my favorite things: look at photographs! The selection wasn't easy though... Hope you like it!

Fall/Winter 2010/11 Collection



Apresento-vos a nova colecção Outono/Inverno! Inspirada na forma, na estrutura da natureza, as linhas que definem cada ser, a sua silhueta... Os padrões que se repetem, criando texturas... Umas mais rígidas, outras mais fluídas, umas mais geométricas, outras mais orgânicas. A sobreposição de camadas que compõem a casca do pinheiro e a sua pinha... a repetição perfeita das pétalas de uma dália... o movimento desenhado pelos ramos de uma árvore despida de folhas... os veios de uma pedra... A arquitectura de cada ser é o reflexo da adaptação de milhões de anos, a soma de várias tentativas de aperfeiçoamento, de evolução constante, a solução para a existência. O homem aprendeu a imitar a natureza. As malas desta colecção são assim transpostas para a vida quotidiana, para o ambiente urbano, numa celebração diária da beleza natural da vida.

As primeiras peças já estão na Loja! Mais em breve...



...

I present you the new Fall/Winter collection! Inspired by the form, the structure of nature, the lines that define each being, their silhouette ... The patterns repeating, creating textures ... Some more rigid, other more fluid, some more geometric, others more organic. The overlapping layers that make up the bark of a pine tree and its cone... the perfect repetition of the petals of a dahlia... the movement designed by the branches of a tree bare of leaves... the streaks of a stone... The architecture of each being is a reflection of adaptation of millions of years, the sum of several shots of improvement, of constant evolution, the solution to existence. Men have learned to imitate nature. This bags are well incorporated into everyday life, into urban environment, in a daily celebration of natural beauty life has to offer.

The first batch is already available in the
Shop. More coming soon...

We love home: kitchens


Freunde von Freunde (via sfgirlbybay)


Living etc


Living etc


Living etc


Philip Ficks


Living etc (via Decor8)


digital countrystyle


via it's mary ruffle


cabbages & roses (via design sponge)


digital countrystyle

Para mim, a cozinha é uma das divisões mais importantes da casa. Principalmente no Inverno, quando o resto da casa está gelada, sabe tão bem estar perto do forno, a cozinhar bolos, ou a navegar na web enquanto a sopa coze... Ou de manhã, tomar o pequeno-almoço junto à janela, em silêncio... Por isso tem de ser uma divisão confortável, acolhedora e cheia de vida (gosto delas um pouco rústicas).
Quando alugámos a nossa casa, o factor decisivo foi a cozinha, sem dúvida. Foi a primeira impressão de uma divisão espaçosa, branca e simples, cheia de potencial. E demorámos menos de uma hora a decidir... Claro que, se pudéssemos, mudávamos algumas coisas para a tornar perfeita (como substituir a linha de azulejos azuis por uma cor lisa, a bancada de mármore por madeira e o chão por mosaico hidráulico ou madeira), mas com alguns acessórios conseguimos gostar dela como está. À janela temos uma vista verde e o som dos pássaros, alguns gatos, e cá dentro as ervas aromáticas, em latas de conserva recicladas. Na parede, pendurámos fotos de algumas viagens que fizemos, que me fazem sonhar enquanto cozinho, as pegas antigas das minhas avós (biológicas e afectivas) e uma ardósia da escola que comprámos numa feira de velharias. O N. escolheu os candeeiros, que adoro, e a mesa vai mudando de lugar, agora está junto à janela para o Elffie se deliciar no parapeito com o que se passa lá fora. Ultimamente tenho gostado de ver apontamentos de preto no meio do branco, e espero vir a juntar mais alguns, para além das molduras e do fogão. Faltam alguns electrodomésticos e uma boa solução para o lixo reciclável, como esta aqui.


Marie Claire idées

...

In my opinion, the kitchen is one of the most important divisions of the house. Especially in Winter, when everything else is so cold, it feels great to be near the oven, baking or surfing the web while the soup cooks ... And in the morning, how good it is to take breakfast by the window in silence ... So it has to be a cozy place, comfortable and full of life (I like them a little bit rustic).
When we rented our house, the kee factor was the kitchen, without a doubt. It was the first impression of a wide, white and simple room, full of potential that took us less than an hour to make a decision ... Of course, if we could, we would change some things to make it perfect (like replacing the line of blue tiles for a solid color, or the marble countertop for a wood one, and the ground mosaics for hydraulic tiles or wood), but with a few accessories we can enjoy it as it is. From the window we have a green view and the sound of birds and some cats playing around, and inside we grow some herbs in recycled tin cans. On the wall we have hung pictures of our favorite trips together (and they make me dream while I cook), crochet coasters made by my (biological and emotional) grandmothers and an old school slate found at a flea market. N. chose the lamps, which I love. And the table keeps changing place, now it is by the window so Elffie can delight with what is happening outside. Lately I have been loving to see notes of black among the white, and I hope to add some more to our kitchen, besides the frames and the stove. There are some appliances missing, as well as a good solution for recyclable garbage (like the one above).


Our kitchen:




27.9.10

A little help




Às vezes só precisamos de uma mãozinha...
Sometimes all we need is a little help...

Do fim-de-semana





O fim-de-semana voou, mas a casa ficou arrumada e as novidades prontas para mostrar amanhã! E como podem ver nas fotos, tive uma pequena ajuda ;)

Inspiration wall

Mundo Flo's Soundtrack



Modern age (The Strokes)
English summer rain (Placebo)
I can only disappoint u (Mansun)
Nature boy (Nick Cave & The Bad Seeds)

24.9.10

Fim-de-semana







É quase fim-de-semana e está mesmo a apetecer uns dias caseiros. Faça chuva ou faça sol, vou aproveitar para pôr a leitura em dia, passear e passar bons momentos em casa, mudar algumas decorações e trabalhar bastante também (novas malas a caminho!).

Bom fim-de-semana!

Fall Collection inspiration



*All photos by me

Thousand words... Rus Anson








All photos by Rus Anson (via sfgirlbybay)