31.3.11

Sunset Park


Photo by Julie Blackmon


"Ele é o soldado da indignação, o campeão do descontentamento, o militante que desmascara a vida contemporânea e sonha construir uma nova realidade a partir das ruínas de um mundo que falhou. Ao contrário da maior parte dos contestatários do seu género, não acredita na acção política. Não pertence a nenhum movimento nem a nenhum partido, nunca falou em público e não tem o menor desejo de conduzir hordas furiosas pelas ruas a fim de incendiarem edifícios e derrubarem governos. É uma posição puramente pessoal, mas tem a certeza de que, se viver a sua vida de acordo com os princípios que estabeleceu para si mesmo, os outros seguirão o seu exemplo. Portanto, quando ele fala do mundo, está a referir-se ao seu mundo, à pequena e circunscrita esfera da sua própria vida, e não ao mundo global, que é demasiado grande e demasiado imperfeito para que as suas acções possam produzir nele algum efeito. Concentra-se pois no local, no particular, nos quase invisíveis pormenores dos assuntos quotidianos. As decisões que toma são necessariamente pequenas, mas pequeno nem sempre significa sem importância, e, dia após dia, luta para se manter fiel à norma fundamental do seu descontentamento: uma oposição constante e firme às coisas tal-qual-estão, resistir ao status quo em todas as frentes."

(Paul Auster, in Sunset Park)

30.3.11

Handmade Life: Lucile's Kitchen







Uma visão artística (e muito bonita) dos ingredientes que temos na despensa, pelas mãos desta ilustradora francesa sediada em Paris.

...

An artistic vision (and a very beautiful one) of those ingredients we keep in our pantry, by the hands of this french illustrator based in Paris.

::: Site
::: Loja | Shop
::: Blog

29.3.11

We love home: our vintage lamp



Herdei este candeeiro da minha madrinha, que se lembra de o comprar no Porto com a mãe, nos anos 70. O abajour era muito grande, o que tornava difícil encostá-lo à parede, e estava bastante amolgado. Agora ganhou uma nova com uma boa camada de tinta branca e um novo abajour azul, mais pequeno!

...

I inherited this lamp from my godmother, who remembers buying it in Oporto with her mother, on the 1970's. The lampshade was really large, which made it hard to lean against the wall, and was also pretty damaged. Now it got a new life with a good layer of white paint and a new blue smaller lampshade!

28.3.11

In the mail box



A caixa do correio também pode, às vezes, ser uma boa terapia para a má disposição. Principalmente quando, à nossa espera, estão surpresas como esta mala (maravilhosa) da Dina Ladina, ou a foto da Hilda Grahnat (que podem adquirir aqui, para ajudar o Japão)!

Do fim-de-semana







Uma boa forma de combater uma neura (obrigada amigos!) é deitar mãos à obra e fazer qualquer coisa de produtivo. Este fim-de-semana decidi começar as plantações e sementeiras que tenho vindo a adiar e, embora o tenha feito dentro de casa por causa da chuva, foi uma tarde de Sábado muito relaxante. Numa primeira fase temos: tomateiros e morangueiros plantados, pimentos, rúcula e tomilho semeados e um vaso renovado de erva para o Elffie. À espera de mais terra tenho sementes de rabanetes, salsa e coentros. Vamos ver como corre este projecto (quase megalómanos para uma varanda só) e, com sorte, daqui a uns meses teremos uma salada homemade!

Com o tempo pouco convidativo,o N. constipado e menos 1 hora, fizemos um fim-de-semana muito caseiro. Aproveitei para avançar com alguma costura, fazer pãezinhos doces e ver este filme.

Boa semana!

Mundo Flo's Soundtrack



Songs from Not even in July by JBM (via the blue hour)

25.3.11

Há dias...



Há dias mais cinzentos em que tudo parece mais improvável de um dia vir a acontecer, em que sinto uma urgência de mudar e não sei para onde me virar. Nem todos os dias consigo ser a pessoa tranquila que tento ser. Nem sensata, muito menos sábia. Sempre tive mais jeito para aconselhar os outros. Quando toca a mim, é a desgraça. Há dias assim e, quando me assolam, resta-me esperar que passem...

Thousand words... Filly Designs






Filly Designs (via Darling Dexter)

24.3.11

Wip




O mais difícil é começar! Os modelos já estão todos desenhados. Enquanto aguardo a chegada de algum material, vou cosendo devagar e experimentando algumas ideias, dando-lhes uma forma.

...

The hardest part is to begin! The patterns are all designed. While I wait for some materials to arrive, I start stitching slowly, and experiment some ideas, give them a form.

PT Etsy Team



A nossa Team do Etsy já tem um blog! Agora podem acompanhar o trabalho de vários artistas portugueses e prometem-se alguns posts regulares para breve!

...
Our Etsy Team has a blog already! Now you can follow the work of several portuguese artists and some regular posts are promised soon!

Poemagem #5




Algures soou uma onda; não em
uníssono com as outras, não em simetria com nada;
nada nela era.

Apenas o era no arquejar imperfeito da manhã.



Texto: SombrArredia | Fotografia: Adriana O.

*Sobre o projecto Poemagem

23.3.11

Handmade Life: Jung-jung






Não é fascinante o trabalho desta artista? O realismo das formas, o trabalho meticuloso, a perfeição... e também a incrível beleza de cada peça!

...

Isn't it fascinating this artist's work? The realism of the shapes, the meticulous labour, the perfection... and also the incredible beauty of each piece!


(via batixa)

Everyday greens


21.3.11

Do fim-de-semana









No fim-de-semana disfarçámo-nos de turistas e andámos a explorar a parte velha da nossa cidade, a sonhar com o dia em que ganharemos o euromilhões e compraremos uma das muitas casas antigas para restaurar, e a aproveitar o sol com cheiro a Primavera que soube mesmo bem! Andei também de volta dos meus vasos, para preparar algumas sementeiras (já um pouco atrasadas).

Boa semana!