10.8.19

Distante




"No mostrador da balança, aquelas tardes não seriam capazes de mover o ponteiro mais do que alguns risquinhos, gramas dispostos a oscilar com o peso de uma brisa. Era tempo gasoso como a luz de Lisboa, famosa em estereótipos, era despreocupação leve, irresponsabilidade, José não imaginava ainda que, anos mais tarde, gastaria tanto esforço a tentar reconstruir aquelas tardes que, não sendo pareciam infinitas; chegavam ao fim mas esse fim era indiferente, não se estendia como um passo em direcção ao grande fim; eram tardes que regressariam sempre e que, por isso, afinal, não terminavam. Muito depois, noutra idade, José concluiu que, nesse passado, não considerava a ideia de fim, era incapaz de concebê-la. Então, quis desaprender, regressar a essa ignorância específica, e não conseguiu, obviamente."

(José Luís Peixoto, in Autobiografia)



Tenho a sensação de que o tipo de tempo que buscamos quando ficamos de férias é semelhante ao que temos na memória da infância, tempo sem barreiras à vista, tempo infinito. Essa busca é, como a de José, infrutífera, mas continuamos a tentar ano após ano. É o que vamos fazer nas próximas semanas, procurar que tudo pareça mais lento e sem uma estrutura demasiado imposta. Vou tentar desligar um pouco desta rede que nos mantém permanentemente ligados, e só regressar quando me apetecer (provavelmente vou estar mais por aqui, a registar momentos bonitos dos meus dias). 
As encomendas que surgirem entretanto na minha Loja só serão enviadas a partir do dia 26 de Agosto, e voltarei a aceitar encomendas personalizadas em Setembro.
Até breve!

...

I have this feeling that the kind of time we pursuit when we're on vacation is similar to the one we remind from our childhood, a limitless, infinite time. That search is, like José from the text above, fruitless, but we keep trying year after year. That's what we'll be doing on the next couple of weeks, trying to make everything look slower and with no imposed structure. I'll try to disconnect more from this net that keeps us permanently wired, and only come back when I feel like (probably I'll be more around here, registering beautiful moments of my days).
Orders on my Shop will be shipped after August 26th, and I'll start taking custom orders later, on September.
See you soon!



*(In the photo, pages from the children's book "Hoje sinto-me", by Madalena Moniz)

8.8.19

Custom order: the continuation of a story





Esta encomenda foi daqueles pedidos super especiais que nos desafiam um pouco mais do que o costume, e que no processo nos deixam mais preenchidos. É possível que se lembrem desta capa para livros que fiz há dois anos, a pedido da minha amiga Celeste, para ilustrar o seu blog de escrita, o Celestices. Desta vez, foi a sua irmã que, do outro lado do oceano, a quis surpreender com algo feito por mim e, para isso, pediu-me para lhe fazer uma mala e uma capa para almofada relacionadas com o mesmo tema e com a mesma personagem. Sugeri-lhe que me desse alguma pista que lembrasse algo das duas, talvez da infância, e ela falou-me desta memória conjunta, de duas meninas sentadas num banco a ver o mar. 
Para a mala ilustrei a mesma menina Celeste que imaginei para o blog, mas desta vez rodeei-a de um jardim e de um céu estrelado cheio de letras para usar nos seus textos. Fiz uma mala simples a tiracolo em tamanho médio, com alça de couro ajustável. Para a almofada usei uma mistura de técnicas, a pintura em tecido, o bordado, e aplicação de tecido acolchoado para o mar, cheio de pontinhos de alinhavo para lhe dar textura e movimento. 

...

This custom order was one of those super special requests that challenge us more than usual and, in the process, make us more fulfilled. You may remember this book case I made 2 years ago for my friend Celeste, to illustrate her writing blog Celestices. This time, it was her sister that, from the other side of the ocean, decided to surprise her with one of my works. She asked me to make a bag and a cushion case within the same theme and with the same character, and I suggested her to give me some clue about them as sisters, and she told me about this shared memory of two little girls sitting on a bench, looking at the ocean. 
For the bag, I illustrated the same girl Celeste I had imagined for the blog, but this time surrounded by a garden and a starry sky full of letters for her texts. I made a simple medium sized crossbody bag with adjustable leather strap.
For the cushion case I mixed techniques, fabric painting, drawing, embroidering, and quilting for the sea, full of tiny running stitches to give it texture and movement.
I think she liked it :)





Ref.: m302







Ref.: al13

5.8.19

Handmade lately



Ref.: bn83



Ref.: bn84






Estas foram algumas das peças que fiz nos últimos tempos e que ainda não tinha tido oportunidade de mostrar aqui:
- Os Xarabanecos quentinhos, em colaboração com a Ver de Castanho, foram os últimos desta temporada, no Outono talvez haja mais.
- A pequena almofada amarela é um porta-chaves que fiz para mim, um projecto de slow stitching rápido e meditativo.
- A saia da Nina foi, no modelo do costume, feita com linho amarelo limão e, para os bolsos aproveitei o tecido duma blusa que já não lhe servia, cujo padrão adoro. Fi-la mais comprida do que o costume, para durar mais tempo, e na verdade gosto muito de lha ver assim. Com os restinhos de tecido fiz ainda um vestido para a boneca dela.
- O conjunto de bolsa de lápis e malinha foi um presente que preparei para umas amigas da Nina, há uns meses atrás. O tempo era curto e, dessa vez, optei por comprar as peças já feitas, em algodão cru. Depois desenhei-as com canetas para tecido, e apliquei algumas coisas que tinha cá em casa, botões, contas, e pormenores bordados.
- O meu casaco de malha favorito tinha uma mancha de tinta preta que há muito tentava disfarçar, e lembrei-me de aplicar o meu Projecto Wear a Garden, bordando uma pequena flor. O resultado foi um casaco ainda mais bonito e um problema resolvido.
- O mesmo aconteceu com uma tshirt da Nina que estava cheia de pequenas nódoas. Bordei plantas sobre elas e assim prolonguei a vida desta peça de roupa por mais algum tempo.

...

These are some works I made lately that I hadn't shown here yet:
- Warm Xarabanecos, on collaboration with Ver de Castanho, were the last ones of this season, maybe we'll make some more on Autumn.
- The tiny cushion is a key-ring I've made for myself, a quick and meditative slow stitching project.
- Nina's skirt, usual pattern, is made of lemon yellow linen and, for the pockets, I used the fabric of a blouse that didn't fit her anymore, whose pattern I love. I made it taller than normal, to make it last longer, but I must confess I love the way it fits her right now. With the remaining scraps of fabric I also made a dress for her doll.
- The pencil case and bag set was a gift I prepared for Nina's friends a few months ago. Time was short and then I decided to buy them pre-made, in ecru cotton. Then I draw on them with fabric pens, and stitched some things I had at home, like buttons, beads, and embroidered details. 
- My favourite cardigan had a stain of black paint that I have been trying to hide for a long time, and then I had the idea of using my Wear a Garden Project, and embroider a small flower. The result is a even more beautiful cardigan and a problem solved. 
- The same happened to a tee shirt of Nina, which was full of little stains. I embroidered plants on them, and that way extended the life of this piece of clothing for a little longer. 


2.8.19

About July



Julho foi assim, muito trabalho com pausas bonitas pelo meio para respirar. As férias estão quase, quase a chegar! Tenham um Agosto feliz! 

...

This was July, a lot of work with beautiful breaks in between to catch some breath. Vacations are almost here! Have a happy August!


30.7.19

Lullaby Collection: montessori aprons





Ref.: av37


Ref.: av35, 36




Ref.: av38



Ref.: av39


Estes foram os últimos aventais de criança que fiz. Os 3 primeiros foram encomendas personalizadas. O dos peixes é dos meus preferidos até agora. Os dois últimos estão disponíveis na Loja. O azul, com insectos, tem um tamanho maior, e dá para crianças dos 4 aos 10 anos. O vermelho, com legumes, é o tamanho mais pequeno, para crianças de 2-4 anos. 

...

These are the latest aprons I made for children. The first 3 were custom orders. The one with the fish is one of my favorites so far. The last 2 are available in the Shop. The blue one with insects is a larger size, for kids from 4 to 10 years old. The red one with veggies is the smaller size, for toddlers from 2 to 4 years. 

26.7.19

40





Há dias, a minha mãe encontrou isto nas minhas coisas de criança, e fez-me logo sorrir. Pareceu-me o tesouro perfeito para olhar e partilhar no dia em que faço 40 anos. Não faço ideia de que idade tinha quando fiz isto, nem me lembro, mas transporta-me para o tipo de criança que era, tímida e sossegada, sempre com as mãos ou a cabeça ocupadas, a querer fazer coisas. Lembro-me de ter um livro de lavores e encontrar conforto em algumas imagens que mostravam a textura da lã, ou adorar observar a repetição de padrões bordados e sentir-me inspirada por eles. Lembro-me de algumas histórias que escrevi, que nunca mostrei a ninguém, e de pensar que dariam um livro um dia. Lembro-me das Mulheres que me ensinaram aquilo que eu queria aprender, o que mais tarde se viria a tornar o meu ofício, a quem estou eternamente grata.
Depois de me tornar Mãe, tenho andado como que ocupada a recuperar partes de quem sou. Primeiro foi a Mulher, a Artista, a Filha... Sinto que ultimamente tenho procurado também a Criança que fui (e sou). Posso ter-me esquecido de muito daqueles tempos, mas sei hoje que a vida não me mudou assim tanto e que conservo aquela menina dentro de mim tantos anos depois... talvez já não tão criativa, despreocupada ou livre, mas sem dúvida ainda sonhadora e sossegada e feliz com as pequenas coisas...

...

On the other day, my mom found this among my childhood stuff, and it instantly made me smile. Seems like the perfect treasure to look at and share on the day I'm turning 40. I have no idea how old I was when I made this, nor remember it, but it sends me back to the kind of kid I was, shy and quiet, always busy with something in my hands or head, wanting to make things. I remember having this textile crafts book and finding comfort in some pictures that showed a certain wool's texture, or loving the repetition of some embroidery patterns and feel inspired by them. I remember some stories I wrote, and never showed to anyone, that I thought would become a book someday. I remember the Women who taught me those things I wanted to learn, that later became my craft, to whom I'm forever grateful. 
After being a Mother myself, I have been kind of busy recovering some parts of who I am. First it was the Woman, the Artist, the Daughter... I feel that lately I've been also looking for the Child I was (and am). I may have forgotten a lot of those times, but now I know that life hasn't changed me that much and I still keep that little girl inside me after so many years... maybe not so creative, light-hearted or free, but definitely still dreamy and quiet and happy about the little things...

24.7.19

Custom order: "So in love with life" daily journal case



Esta encomenda deu-me muito prazer fazer. O pedido incluía uma capa com um feto e um cogumelo, nos tons de verde e vermelho, a frase "So in love with life", mas também a sugestão de me inspirar na galeria de fotos no Instagram da própria cliente para o resto. Para minha surpresa, as fotos não só eram lindas, como me levaram imediatamente para um mundo de plantas e animais escondidos em bosques encantados que só conheço dos filmes, dos livros e dos sonhos...

...

This custom order gave me so much pleasure to make. The request included a daily case with a fern and a toadstool, in green and red colors, the words "So in love with life", but also the suggestion to get inspired by the customer's own photo gallery on Instagram for the rest. To my surprise, the photos were not only stunning, but also took me immediately to a world of plants and animals hidden in enchanted woods that I only knew through films and books and dreams...







Ref.: el84