22.9.20

Autumn






 

 "As estações iam passando, e voltavam, e não era preciso sair do jardim para perceber isso, tudo estava escrito ali, nas folhas, nas cores, na chuva e no sol. E ela gostava de afundar-se no jardim e correr até perder o fôlego e depois deixar-se cair na terra, e recuperar aquela sensação de estar no centro, no centro de tudo, de pertencer."

(Ana Teresa Pereira, in "A Linguagem dos Pássaros")

 

Setembro chegou e atropelou-me sem que tivesse tempo para reagir. Como se o tempo tivesse acelerado de um momento para o outro, quando dei por mim, estava a meio do mês, o Verão tinha ido embora e a escola tinha começado. Pelo meio sei que tentei respirar fundo e olhar à minha volta algumas vezes, mas nem assim o mundo abrandou e cá dentro persistiu uma espécie de torpor misturado com desorientação e ansiedade. É assim a cada mudança de estação, principalmente quando fora de nós tudo corre (ou voa) mas a nossa natureza pede o contrário. Ainda assim, talvez por algum treino que já levo de estar atenta, fui percebendo a chegada da estação das folhas, que já se faz anunciar há algumas semanas, mesmo no meio dos dias quentes de final de Verão. Já lhe conheço o cheiro à distância, somos velhos amigos. Hoje damos-lhe as boas vindas oficialmente e talvez lhe possamos pedir que seja gentil, que nos ensine o desapego e o recolhimento, mas também que nos encha de beleza como só o Outono sabe fazer.

...


September arrived and ran over me with no time to react. As if time had suddenly accelerated, when I found myself, half of the month had gone, Summer was over and school had started. Somewhere in the middle of all this I know I tried to breathe deeply and look around a few times, but I couldn't make the world slow down and, inside, it remained a strange mix of torpor, disorientation and anxiety. This is what happens at every season shift, especially when outside everything runs (or flies) but our nature asks for the opposite. Yet, perhaps thanks to some training I have on paying attention, I started to notice the arrival of the fallen leaves season many weeks ago, even in the middle of those hot late summer days. I can smell it from a distance, we are old friends. Today we welcome it officially and may we ask it to be kind, to teach us about letting go and turning inwards, but also to fill us with the beauty only Autumn knows.



1.9.20

About August


 
Sinto que Agosto foi assim uma espécie de bolha de ar que surgiu no meio de um turbilhão, para nos deixar vir à tona respirar um pouco, antes de mergulharmos de novo no caos. Se foi suficiente, não sei, só o tempo o dirá, mas soube muito bem. Setembro e eu costumamos ter uma boa relação, gosto da energia de renovação no ar, mais até do que no Ano Novo, e sinto-me sempre um pouco criança no regresso às aulas. Este ano, há um lado obscuro no meio disto tudo, e os sentimentos são contraditórios. Ainda assim, sorrio a este mês poderoso e avanço, decidida a estar ainda mais atenta à beleza das pequenas coisas da vida.
 
...
 
I feel that August was this kind of air bubble that appeared in the middle of a whirlwind, to let us come up for a breath, before diving into chaos again. If it has been enough, I don't know, only time will tell, but it surely felt good. September and I have a good relationship, I like the energy of renewal in the air, even more than in the New Year, and I always feel like a child on my return to school. This year, there's a dark side to all of this, and feelings are contradictory. Yet, I smile to this powerful month and move forward, determined to pay even more attention to the beauty of the little things of life.


26.8.20

Watching the change of the seasons















Estamos de volta a casa. Não há nada como uns dias mais perto da natureza para todas as ansiedades e cansaços se diluírem, como que por magia. E é disso mesmo que vou sentir mais falta, de acordar e pisar a relva, de sair para o quintal para colher o que a horta nos dá, mesmo antes do pequeno-almoço, e do mar, sempre essa imensidão azul que me ensina tanto a fluir na vida (este ano num misto de banhos deliciosos e marés vivas, lindas de se ver). Apesar de Agosto não ser o mês mais tranquilo para fazer férias perto da praia, fugimos sempre das multidões e conseguimos ter aquela dose de solidão boa que tanto apreciamos, sem ir muito longe. Gosto desta época porque posso assistir na primeira fila à mudança das estações. A lenta despedida do Verão já começou no jardim, no sol que se põe mais cedo, na humidade das manhãs, no vento que se levanta ao final da tarde, na luz dourada que incide dentro de casa. As maçãs já se comem, os tomates amadurecem, o cheiro dos figos na árvore sobrepõe-se a tudo. Estar presente nesta transição ajuda-me ao meu próprio processo de preparação, de libertação e de renovação para os meses mais frios e escuros que aí vêm. Mas não pensem que estou já a sonhar com o Outono, ainda quero aproveitar os últimos dias de Verão tanto quanto o trabalho mo permitir :)

...

We're back home. There's nothing like being closer to nature for a few days for all the anxieties and tiredness to dissolve, like magic. And that's exactly what I'll miss the most, waking up and walking barefoot on the grass, going out to the backyard to harvest whatever the garden gives us, even before breakfast, and the sea, always that immense blue that teaches me so much about flowing in life (this year a mix of delicious baths and a very rough, but beautiful, sea). Though August might not be the quietest month for holidays by the sea, we always escape the crowds and manage to get that dose of good solitude we enjoy so much, without going too far. I like this time of the year because I can watch the seasons shift in the front row. The slow farewell of the summer has already begun in the garden, in the sun that sets earlier, in the morning moist, in the wind that rises in the late afternoon, in the golden sunlight that enters the room. Apples are already ready to be eaten, tomatoes are ripe, the smell of figs in the tree overlaps everything. Being present during this transition helps me in my own process of preparing, letting go and renewing for the colder and darker months ahead. But don't think I'm already dreaming of autumn, I still want to enjoy the last days of summer as much as work allows me :)

11.8.20

Time for a break


Está na altura de fazer uma pausa para descansar, para passar mais tempo com a família e fazer o que me apetecer, sem agenda e sem relógio. Estes tempos conturbados trouxeram-me também uma enorme necessidade de reflectir e acalmar o turbilhão interno, e não há nada como a proximidade com a natureza para ajudar nessa tarefa. A Loja permanece aberta, mas encomendas só serão enviadas na última semana de Agosto. Até breve!

...

It's time to take a break to rest, to spend more time with my family and do whatever I feel like, without an agenda or a clock. These troubled times have also brought me a great need to reflect and calm down the inner chaos, and there's nothing like being close to nature to help with that task. The Shop will remain open, but orders will only be shipped in the last week of August. See you soon!


10.8.20

Small purses



Ref.: bl173


Ref.: bl175


Ref.: bl172



Há uma bolsa à medida de cada objecto e de cada ocasião. Aqui, uma carteira pequena para cartões, que está disponível na Loja, uma bolsa para tabaco e outra para documentos, ambas encomendas personalizadas.

...

There's a purse for every object and occasion. Here, a small wallet for cards, that is available in the Shop, a pouch for cigarettes and another for documents, both custom orders.

7.8.20

Soul Garden Collection: pencil cases


Ref.: bl176


Ref.: bl174


Ref.: bl182


Ref.: bl183


Ref.: bl171


Ref.: bl178


Ref.: bl184

Ref.: bl177


Ref.: bl179


Ref.: bl180


Ref.: bl181


No mês passado estive a trabalhar numa grande fornada de bolsas de lápis. A maioria já tem destino, mas ainda podem encontrar algumas à venda na Inédita Handmade, na loja de Albufeira ou online. Foram muitas horas a bordar e o resultado é este grande jardim de cores, texturas e muito amor.

...

Last month I've been working on a great batch of pencil cases. Most of them were pre-orders, but you still can find some available at Inédita Handmade, at their store in Albufeira or online. It took me many hours embroidering and the result is this big garden of colours, textures and lots of love.



3.8.20

Custom order: hedgehog multi-purpose case


Ref.: el91



Esta capa foi uma encomenda personalizada com bolsos feitos à medida das necessidades da cliente. O linho é um dos meus preferidos. Chamo-lhe antracite, embora seja uma cor difícil de definir, mas que fica bem com quase todos os desenhos e cores, em todo o tipo de peças. E, claro, ouriços e motivos do bosques nunca são demais :).

...

This case was a custom order with custom sized pockets,tailored to the client's needs. This is one of my favorite linens. I call it anthracite, though it's a color hard to define, but it goes well with almost every design and color, in all kinds of items. And, of course, there's no such thing as too many hedgehogs or woodland motives :)