21.2.24

Custom made lately


Refs.: rp69


Um bonito vestido com 43 anos de idade veio parar-me às mãos, cheio de buraquinhos de traça. A desculpa perfeita para o encher de um jardim de flores!

...

A beautiful dress that is 43 years old fell into my hands, full of tiny holes made by moths. It was the perfect excuse to fill it with a garden of flowers!




Refs.: rp70


Cada projecto de remendo me ensina algo de novo, e este surgiu para me tirar da minha zona de conforto. Tratava-se de uma camisola de lã, também ela cheia de buraquinhos de traça, e com um logotipo menos bonito. Fiz uma aplicação em lã com um pardal bordado para cobrir a maior área, composta pelo logotipo e alguns buracos, e também dei a minha primeira aula de remendos visíveis à dona da camisola. O punho foi reparado por ela (e, mais tarde, as restantes zonas a precisar de cuidados), o que me deixou super orgulhosa!

...

Each mending project teaches me something new, and this one came to take me out of my comfort zone. It was a woolen sweater full of moth holes and an ugly logo. I made a patch with a sparrow to cover the largest area and then I gave my first class on how to visible mend, to the sweater's owner. The wrist was repaired by my client (and later the other parts needing for care), and it made me very proud of her work!





Refs.: m362, m361


Há dias fui buscar um modelo de malas antigo ao baú para fazer estas duas carteiras. A mesma inspiração vegetal, habitats diferentes, água e terra.

...

Some time ago I picked an old bag pattern to make these two shoulder bags. The same botanical inspiration, but different habitats, water and earth. 





Refs.: m364, ml109, pl102


Uma série de encomendas personalizadas para a mesma cliente que acabou por se tornar numa mini coleccão. "Ser intencional" é um lembrete poderoso para trazermos connosco, seja sob a forma de mochila, marcador de livros ou pulseira!

...

A series of custom requests for the same client ended up becoming a mini collection. "Be intentional" is a powerful reminder to bring along with us, being in the form of backpack, bookmark or bracelet!



Ref.: bl258


Esta bolsinha foi um desafio diferente proposto por uma amiga, pois tinha de ser transparente na frente para guardar um cartão escolar. Depois de muito pensar, acabei por optar por usar uma folha de acetato. Não costumo fazer peças com personagens conhecidas, mas quando me falaram no Totoro não resisti, porque adoro todo o universo deste filme e do Studio Ghibli. De vez em quando sabe bem sair da norma e criar algo novo, só por diversão! 

...

This little pouch was an unusual challenge made by a friend of mine, as it had to be transparent in order to carry a school card. After much thought, I decided to use an acetate sheet. I don't usually make famous characters, but when she told me about Totoro, I couldn't resist, as I love all the universe of this film, as well as Studio Ghibli's. Once in a while it feels good to get out of the norm and try something new, just for fun!




Ref.: el106


Outro desafio forma do meu habitual foi esta capa de livros, com o retrato de dois cães malamute, com uma aurora boreal de fundo, num tom de cor-de-rosa que raramente uso, mas cujo resultado gostei muito. 

...

Another challenge out of my usual work was this book cover, with a portrait of two malamute dogs, and an aurora borealis in the background, in a pink shade I rarely use, but whose result I liked a lot. 


Refs.: cl22, cl23, cl21


E porque faltava registar aqui, alguns colares medicina que fiz já há algum tempo. Os primeiros inspirados em trabalhos anteriores, o último num modelo um pouco diferente, que espero desenvolver em breve, e que imita uma capa de almofada, permitindo guardar ervas aromáticas no seu interior.

...

And because I hadn't shared here yet, some medicine necklace bags I made a while ago. The first two were inspired by previous works, and the latter is a different pattern, which I hope to be able to develop soon, which mimics a cushion cover, allowing us to store some aromatic plants inside.


31.1.24

Notes to self on January's end











Janeiro é feito de luz que gela mas que desperta. Este ano, trouxe o bónus de um final ameno e solarengo, como uma pausa. Não há sensação como a de sentir o abraço do sol de inverno. Há dias, notei pela primeira vez o "cheiro a sol" no ar, que só sinto quando a natureza começa a despertar do seu longo torpor. É um sinal subtil, mas sei que é uma promessa, porque todos os anos se repete. Sei que o frio, e provavelmente a chuva, ainda voltarão. Provavelmente, numa lenta despedida que sempre me desespera. Mas, para já, aproveito estes raios que me preenchem, sempre que posso. Lá fora, tudo calmo ainda, relembrando que as transições e os ciclos são processos lentos, de vai e vem, tal como as ondas do mar. Treina a paciência, assim como a atenção aos pequenos sinais, os de fora e os de dentro. Ouve a voz interna que nesta calmaria se faz ouvir melhor. Dá-lhe tempo para se expressar, num tempo em que tudo corre. Treina o foco também, para não te deixares levar pelo turbilhão. Mantém a chama interna acesa, como um guia, uma presença que sustenta e fortalece. Ainda não é tempo de a apagar. Confia...

... 

January is made of light that freezes but awakens. This year, it brought the bonus of a mild and sunny ending. There is no feeling like the hug of the winter sun. A few days ago, I noticed for the first time the "smell of sunshine" in the air, which I only sense when nature begins to wake up from its long torpor. It's a subtile sign, but I know it's a promise, because it repeats year after year.  I know that the cold, and probably the rain, will return. Probably in a slow farewell that always makes me despair. But, for now, I enjoy these fulfilling sunshine rays whenever I can. Outside, everything is still calm, reminding us that transitions and cycles are slow processes, coming and going, just like the waves of the sea. Exercise patience, as well as attention to the small signs, both outside and inside. Listen to your inner voice that makes itself heard better in this quietness. Give it time to express itself, in a time when everything is rushing by. Train focus too, so you don't get carried away by the whirlwind. Keep your inner light burning, like a guide, a presence that nourishes and strengthens. It's not time to blow it out yet. Trust...



Sigam-me no Instagram | Follow me on Instagram





31.12.23

About 2023






Nos tempos que correm parece difícil escrever mensagens de festa e esperança. Até mesmo as pequenas coisas, que tanto me trazem a felicidade do dia-a-dia, parecem perder o brilho quando o frio e a escuridão do inverno e o sofrimento no mundo falam tão alto. E, apesar disso, é por isso mesmo que insisto em procurar essas centelhas de luz, porque acredito que é nelas que está a chave para nos mantermos à tona. Por vezes, é preciso uma ajuda, não chegamos lá sozinhos, mas é também como um músculo que se treina e que depois faz o seu trabalho quando nos habituamos a prestar atenção. 
Em tempos de maior inspiração, quando me sinto em sintonia com toda a magia que abunda na minha vida, escrevo notas a mim mesma, lembretes que já sei que vou esquecer. Coisas que me resgatam em tempos mais escuros, porque chegam depois de forma inesperada, nos momentos certos. Vou assim dando a mão a mim própria, num equilíbrio de altos e baixos, na esperança de não resvalar demasiado. 
O ano de 2023 está a terminar. Foi um ano difícil. Como todos os últimos anos desde que me lembro. Efeitos de uma pandemia que me esgotou? Idade e amadurecimento, que me trazem responsabilidade, preocupações, mudanças que custam aceitar? Efeitos do mundo actual, cheio de desequilíbrios e separação, ritmo alucinante e anti-natural? Tudo junto, talvez. Mas a jornada de aprendizagem também me acompanha e sinto que me conheço muito melhor agora. Quanto mais penso que me aperfeiçoei, mais desafios surgem, e dou por mim apreensiva com o que virá. Parece que a vida não dá descanso...
A lição vigente é acreditar que os desafios também podem ser bons e que as surpresas boas também fazem parte do pacote. Também tive algumas este ano e que boas que foram! Quando relaxei, pude vivenciá-las em pleno! 
Este ano deitei algumas sementes à terra. Algumas não livres de dor. Trouxeram-me medos antigos, que não sabia que cá estavam, enfrentei-os à força, doeu imenso! Mas rompi a terra e espero que os frutos surjam lá mais à frente. Sei que virão, e isso traz-me alento. Porque "plantar jardins é acreditar no futuro", não é? Quanto ao resto, relembro uma frase que uma amiga me disse e que escrevi em tempos mais duros, e que trago comigo porque a senti na pele: "quando nos entregamos, a magia acontece". Que 2024 seja feito de muitos momentos de magia! Obrigada por continuarem desse lado!

...

These days it seems difficult to write messages of celebration and hope. Even the little things that bring me so much happiness every day seem to lose their brightness when the cold and darkness of winter and the suffering in the world speak so loudly. And despite this, that's why I insist on looking for those sparks of light, because I believe that they are the key to staying afloat. Sometimes we need help, we don't get there alone, but it's also like a muscle that we train and then does its job when we get used to paying attention. 
In times of greatest inspiration, when I feel in tune with all the magic that abounds in my life, I write notes to myself, reminders that I already know I will forget. Things that rescue me in darker times, because they arrive unexpectedly, at the right moments. So I give myself a hand, in a balance of ups and downs, in the hope of not slipping too far.
The year 2023 is coming to an end. It was a difficult year. Like the latest years since I can remember. Effects of a pandemic that exhausted me? Age and maturity, which bring me responsibility, worries, changes that are difficult to accept? Effects of today's world, full of imbalances and separation, crazy and unnatural rhythm? All together, perhaps. But the learning journey also follows me and I feel like I know myself much better now. The more I think I have improved, the more challenges arise, and I find myself apprehensive about what is yet to come. It seems like life never gives you a break...
The current lesson is to believe that challenges can also be good and that good surprises are also part of the package. I also had some this year and how good they were! When I relaxed, I was able to experience them fully!
This year I threw some seeds into the ground. Some were not pain free. They brought me old fears, which I didn't know were there, I faced them by force, it hurt a lot! But I broke the ground and I trust that the fruits will come further on. I know they will, and that brings me hope. Because "to plant gardens is to believe in tomorrow", right? As for the rest, I remember a phrase that a friend told me and that I wrote in tougher times, and that I carry with me because I felt it firsthand: "when we surrender, magic happens". 
May 2024 be made up of many moments of magic! Thank you for staying on that side!



22.12.23

Keep your lights on












Mantenham a vossa luz acesa!
Inverno... Apetece-me ficar no aconchego interior, tirar alguns momentos de silêncio para mim, escrever ideias e sentimentos, libertar-me de prazos e de toda a pressa e ruído. O Natal para mim é (ou deveria ser) algo próximo ao que recordo da infância, que tem tudo a ver com estar no momento presente, acreditar em magia, e sentir-me rodeada de amor, calor, cheiros familiares, música. Eu sei que a maioria dos adultos já não sente isso (eu incluída a maior parte do tempo), e que esta época pode ser muito pesada e triste para muitos. Envio o meu amor a todos os que estiverem a passar um mau bocado, desejando que a magia da vida se possa manifestar através das pequenas coisas, e que estejamos suficientemente atentos para reparar nela... É este o meu desejo de Natal, e também para este Inverno que hoje começa. Mantenham a vossa luz interior acesa!

...

Keep your lights on!
Winter... I'm feeling like staying cosy inside, taking some silent moments for myself, writing down ideas and feelings, letting go of deadlines and rush and all the noise. Christmas for me is (or should be) something close to what I remember from my childhood, which has everything to do with enjoying the present moment, believing in magic and being surrounded by love, warmth, familiar smells and music. I know most adults don't feel that way anymore (me neither most of the times), and this season can be really heavy and sad for many. So I'm sending my love to anyone who's having a hard time, and wishing that life 's magic can manifest in the little things, and we are aware enough to notice it... This is my Christmas wish, and also my wish for this Winter season. Keep your inner lights on!

18.12.23

Photoshoot: Pontos e Voltas Autumn/Winter 2023/24















A mais recente sessão fotográfica que fiz ao trabalho da Ângela (Pontos e Voltas) teve lugar num pequeno bosque de carvalhos, onde a luz do sol criava efeitos especiais entre as copas das árvores, presenteando-nos com o cenário perfeito para dar as boas-vindas ao Outono. 

...

The most recent photoshoot I did for Ângela's (Pontos e Voltas) knitwork took place in a small oak forest, where the sunlight created special effects among the treetops, giving us the perfect setting for welcoming Autumn. 




::: Pontos e Voltas - other collections photographed by me: SS2023AW 22/23AW 21/22AW 20/21
::: Collaboration between Mundo Flo and Pontos e Voltas: Almofadas and clutch

14.12.23

Note to Self bracelets - shop update and @Aqui À Volta



As pulseiras Note to Self continuam a chegar a muitos pulsos e já são mais de 100! Terminei esta semana a última fornada do ano, e ainda podem encontrar algumas disponíveis na Loja online. A novidade é um conjunto 4 estações que criei, composto por uma pulseira com uma mensagem para cada estação do ano. Uma forma bonita de se conectarem aos ensinamentos e à beleza dos ciclos da natureza.

...

Note to Self bracelets keep getting to many writs and they're now more than 100! I have recently finished the last batch of this year, and you can still find some available at my online Shop. The news is a 4 seasons set that I have created, made by one bracelet with a message for each season of the year. A beautiful way of connecting with the lessons and the beauty of nature's cycles. 



Se passarem por Aveiro, podem também encontrar algumas destas pulseiras no bonito espaço Aqui À Volta.

...

If you stop by Aveiro, you can find some of these bracelets at the beautiful store Aqui À Volta.





Deixo também um registo de pulseiras que fiz e que já não estão disponíveis. São muitas, algumas inspiradas noutras anteriores, mas todas elas únicas, sempre!

...

I also leave you with a list of bracelets I made and that are not available anymore. They're many, some inspired by previous ones, but all of them unique, always!