11.8.11

Poemagem #15

Encontro-me em todas de ti,as ruas,
remotas ilhas de presença ambígua;
camélias pendentes,
escombros
habitados por palavras
agri-doces ou acres, ou,
sonolentas,ou
sonhadoras...
o aperto de ambos,o deslizar das mãos.
.
.
o aperto,o corpo,o sexo,
o
..




Texto: SombrArredia | Fotografia: Adriana O.
*Sobre o projecto Poemagem

No comments: